terça-feira, 22 de julho de 2008

Pontos de abastecimento de água

Os meus passeios, a pé, pela Linha do Tua, começaram em Março de 2008. Nessa altura, não me preocupei muito com o abastecimento de água. Mas, nas últimas etapas que fiz, a preocupação com a água, face às elevadas temperaturas que se fazem sentir no Verão em Trás-os-montes, foram uma enorme dor de cabeça.
São já bastantes os grupos que se aventuram ao longo da linha, em caminhadas mais ou menos extensas. Parece-me impensável sair pela linha carregando 3 litros de água, mas eles podem ser necessários. À medida que a temperatura vai subindo, são cada vez menos os pontos onde se pode encontrar água que se possa beber.
Deixo a indicação de 5 pontos, por mim verificados na semana passada, onde se pode recolher água para beber.

Nas estações e apeadeiros, não há água, à excepção de Foz-Tua e Mirandela. Além destas, também em Vilarinho das Azenhas, Ribeirinha e Frechas se pode abandonar a linha e ir procurar água nos povoados. O edifício da estação da Ribeirinha está habitado e o ser. Abílio é um senhor simpático. No Cachão há vários cafés relativamente próximos da estação.

1 comentário:

António M disse...

Está excelente este trabalho. Parabéns e obrigado por divulgar este "meu" mundo quase perdido!